Qual a razão que o fez escolher ser empresário?

team 2Tenho a certeza de que algo o motivou para avançar nesta desafiante viagem de ser um empreendedor.

Penso que é um processo que se aprende na prática, podemos ter um alargado conhecimentos de negócios, e até experiência enquanto colaboradores, no entanto, é na prática que descobrimos as nossas fraquezas e as nossas forças.

A verdade é o valor mais libertador que conheço. Expressar com fraqueza traz envolvência e claro, responsabilidade, acredito mesmo que faz a diferença.

A comunicação é um dos fatores mais relevantes para as equipas, feita com franqueza, que muitas vezes é desvalorizada nas empresas.

Colocaria a comunicação a um nível primário, um ato individual que pode fazer a diferença no coletivo. Criar verdadeiros debates com os melhores impulsionadores de um negócio: as equipas, as pessoas.

Ser empreendedor sozinho é ainda mais desafiante, costumo dizer que a minha criatividade surge quase sempre após uma boa conversa, um bom debate de ideias. Não gosto de acumular informação só porque sim, gosto de partilhar, e é nessa partilha que evoluo, que cresço enquanto pessoa e enquanto profissional.

No entanto a comunicação franca e honesta e de troca de ideias não é uma prática recorrente em grande parte das empresas, pode até ser uma generalização, mas é o que nos indicam os estudos quando analisam a cultura das empresas em Portugal. Não é um ponto de desenvolvimento colocado nas avaliações de desempenho “comunicar com franqueza” seguido de um feedback honesto.

Existe um espaço entre a partilha de ideias que gera aprendizagem, por conseguinte gera mais conhecimento que dá origem a melhores decisões.

Faça uma reflexão da razão que o fez escolher ser empreendedor, e se a sua comunicação interna e externa está a ser congruente.

Tome decisões hoje que terão impacto no futuro do seu negócio!

Faça um Diagnóstico Gratuito comigo e receba uma análise do seu negócio.

Programa de Consultoria Empresarial.

Entre em contacto comigo!

icon_90_white

Consultoria Empresarial a Cabeleireiros

site

#vaificartudobem Mas será que vai mesmo? Acredito que vai ficar tudo bem se fizer por isso.

Um olhar sobre os números

Aliei o meu conhecimento de 12 anos de experiência no sector de cabeleireiro, a um sistema testado de Consultoria Empresarial na Paulo de Vilhena.

Nas empresas os números falam a verdade e atestam a saúde da empresa.

A análise dos números permite tomar decisões alinhadas com os resultados a que se propôs chegar, que é o seu propósito, enquanto empreendedor, líder, gestor ou colaborador.

As empresas não são só números, são organizações geridas por pessoas. Pessoas que tomam decisões, que exercem um conjunto de acções, que leva a um determinado resultado, os números mostram a eficiência desses resultados.

Na sua empresa, como é que os números podem ajudar? Faça um Diagnóstico Gratuito comigo e receba uma análise do seu negócio.

O momento presente, agora, é o melhor para tomar decisões. Dou-lhe um novo olhar sobre receitas, despesas,  custos e LUCRO.

Programa de Consultoria Empresarial. Faço o caminho ao seu lado, para que garanta um Amanhã MELHOR.

Entre em contacto comigo!

icon_90_white

Missão da sua empresa como potencial vencedor

Hoje fala-se muito em, “back to basics”, voltar para o que é essencial. Mas, quando voltamos podemos perceber que não temos uma base construída ou que não está totalmente definida.
Ter uma missão forte de valores concretos é o que faz levantar o “avião” em dias de turbulência, embarcar as pessoas certas para fazem parte dessa viagem, rumo ao seu destino.

Misão

 

A missão traz a clareza do destino, do rumo, os valores são os comportamentos que nos conduzem até lá.
Não imprima só a missão na entrada da sua empresa, imprima o comportamento da sua equipa e transforme-a em potencial de verdadeiros vencedores.

“A equipa com os melhores jogadores é a equipa que vence”

Se não tem claro a definição de missão da sua empresa, e os comportamentos que quer observar na sua equipa, não tem claro a sua verdadeira sustentabilidade.

Qual é a verdadeira missão da sua empresa?

Que comportamentos quer observar na sua equipa?

Lembre-se que pedir ajuda é um ato de coragem.

Ofereço – lhe 01:30 do meu tempo para fazer o diagnóstico da sua empresa.

Entre em contacto comigo!

icon_90_white

Controle

Sozinho pode ser mais desafiador fazer uma  meta – análise do seu negócio, significa um envolvimento muito pessoal que pode retirar alguma clareza.

Estamos quase a dar início, a um “NOVO” início.

Neste momento olharia para 2 pontos essenciais:

  1. Agir de forma tática: “o jogo está a acontecer”.

Avaliar a liquidez: Tesourarias de muito curto prazo, olhar para cada parcela e fazer a seguinte pergunta: Preciso mesmo disto para o meu negócio agora? Nesta fase devemos ser mais realistas.

  1. Planeamento estratégico, estabelecer novas metas, identificar oportunidades, rever o posicionamento de serviços, diferenciação.

Lembre-se: São os mais adaptativos que sobrevivem! Liberte-se de ideias que não o deixam agir.

Pedir ajuda não é sinónimo de fraqueza, é um sinal de coragem.

CE

Marque o seu diagnóstico gratuito!

icon_90_white

Analise dos números

1

Como está a saúde da sua empresa?

Nas empresas os números falam a verdade e atestam a saúde da empresa.
Aprendi com o @paulo.de.vilhena.oficial a importância de olhar para o ” chassi” de qualquer negócio: os marcadores das análises contabilísticas, e fazê-lo como olhar atento e cuidado.

Os números têm uma linguagem universal, trazem uma comunicação mais factual, mais objectiva. Confesso que tenho um certo fascínio pelos números e gosto de comunicar com eles – sei até que sou o número 11, em numerologia.

Na sua empresa, como é que os números podem ajudar?

A análise dos números permite tomar decisões alinhadas com os resultados a que se propôs chegar, que é o seu propósito, enquanto empreendedor, líder, gestor ou colaborador.
As empresas não são só números, são organizações geridas por pessoas. Pessoas que tomam decisões, que exercem um conjunto de acções, que leva a um determinado resultado, os números mostram a eficiência desses resultados.

Comece por fazer um diagnostico gratuito e receba uma análise do seu negócio.

O momento presente, agora, pode não parecer, mas acredite, que esta é a melhor fase para tomar decisões.

Contactos pelas várias redes disponíveis ou através, hmiranda@paulodevilhena.com

Decisões Conscientes

Imergir numa crise, implica tomar decisões. Na escassez, lutar pela existência.

Vivemos um processo que surge de um evento negativo, que gera stress e obriga a mudança. Na mudança vamos assumir novas responsabilidades, ou novas relações sociais, ou um novo estilo de vida.

O amanhecer trouxe a visão da luz ao fundo do túnel, uma imagem que demora a tornar nítida a “normalidade”.

Esse novo tempo, onde colocaremos na prática novas competências e oportunidades, que estando antes presentes, não eram visíveis. Um novo tempo para estabelecer uma dinâmica de encontro do equilíbrio, entre o que foi e o que será.

Decisões conscientes

Vivemos limites no confinamento, vimos uma seleção natural, se justa ou injusta, depende do olhar de cada um. A evolução da espécie, assenta, segundo Darwin, sobre o seguinte: “os que melhor se adaptam às mudanças, sobrevivem”.

Neste período presente, tornou-se claro  a importância de analisar profundamente tudo o que envolve o negócio, principalmente quando se trata de uma Pequena e Média Empresa (PME).

Mais do que uma estratégia, nesta fase é necessário saber o que fazer e o que não fazer. Como refere Jim Collins, atingir o óptimo não depende das circunstâncias, mas em grande parte de escolhas conscientes.

Na empresa Paulo de Vilhena é o que fazemos enquanto Consultores Empresariais, vamos ajudá-lo a tomar decisões mais conscientes.

Fale comigo, sozinho será mais difícil!